sábado, 28 de abril de 2012

Seca no Ceará: Brejo Santo e mais 11 cidades decretam estado de emergência




Brejo Santo Este Município é o primeiro do Cariri a decretar estado de emergência, com perda de mais de 70% dos plantios de milho e feijão. A situação também começa a se agravar na pecuária. O rebanho, segundo dados da Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Ematerce, sofreu desvalorização de até 35%. A cidade tem tradição na pecuária e, a partir do segundo semestre, aumentará a dificuldade de pasto. Agora, Municípios como Brejo Santo, que sofreram perdas e já decretaram estado de emergência, esperam resultados. Com este, já são 12 cidades em emergência: Pedra Branca, Quixadá, Quixeramobim, Miraíma, Choró, Solonópole, Ibaretama, Iracema, Boa Viagem, Quiterianópolis e Santa Quitéria. Na Coordenadoria Estadual da defesa Civil existe há o registro de sete pedidos.


Novos créditos emergenciais para o setor rural estão sendo anunciados para os produtores, por meio do Banco do Nordeste (BNB), que na próxima segunda começa a liberar recursos por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Em torno de R$ 1 bilhão estarão sendo disponibilizados. Neste sábado, a Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA) e a Fundação Banco do Brasil (FBB) realizam, em Juazeiro do Norte, o lançamento estadual do projeto Cisternas de Placa no Semiárido. No Ceará, serão construídas 12.824 cisternas nos Municípios de Quixadá, Abaiara, Milagres, Missão Velha, Brejo Santo, Jati, Penaforte, Barbalha e Juazeiro do Norte.


Para o Cariri, haverá a construção de mais de nove mil cisternas, e cerca de dez organizações executarão o projeto, que terá duração de um ano e começará em maio próximo. A meta é a universalização do direito à água de qualidade. Sessenta mil cisternas de 16 mil litros serão construídas em 89 Municípios de Estados do Nordeste e de Minas Gerais.


Para o secretário Desenvolvimento Agrário de Brejo Santo, Erociano Furtado de Oliveira, a esperança dos agricultores é de que haja o cadastramento do Bolsa Estiagem, lançado recentemente pela presidente Dilma Rousseff, e os novos créditos para produtores atingidos pela seca cheguem logo. Em Brejo Santo, são cerca de 17 mil agricultores prejudicados, conforme o secretário. Apenas 2.700 agricultores familiares estão cadastrados no Garantia Safra. Ele afirma que mais de quatro mil agricultores estão dentro do perfil para receber o Seguro.


Neste ano foram registrados, até o momento, 453 milímetros de chuvas na cidade. No ano passado, foram mais de 1.200mm. Uma das precipitações na cidade foi de 160 milímetros.


Segundo o secretário, houve uma má distribuição das poucas precipitações registradas, chegando a ficar cerca de 16 dias de espaçamento sem chuvas. Ele disse que os documentos sobre a situação do Município foram encaminhados para Brasília.


A expectativa é que os agricultores sejam beneficiados com a Bolsa Estiagem de R$ 400,00, que será repassada para os agricultores em cinco parcelas de R$ 80,00. Erociano Furtado destaca a sua preocupação no que diz respeito à pecuária, que é uma das grandes vocações de Brejo Santo, com a produção de leite. Será, segundo ele, um dos setores mais afetados, principalmente no segundo semestre.


De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado, a parceria com a FBB reafirma a opção pela construção de cisternas de placas e o papel das organizações da sociedade civil nesse processo. A cisterna de placas é uma tecnologia social que surge da luta das comunidades. Além de garantir água de qualidade para as famílias do semiárido, incide diretamente na geração de emprego e renda. Só para pagamento de pedreiros serão destinados mais de R$ 3,5 milhões.


O Garantia Safra também ganhou crédito extraordinário de R$ 281,8 milhões para a indenização de todos os agricultores familiares inscritos no programa e que sofreram perdas igual ou acima de 50% de sua produção, devido à estiagem na Região Nordeste, Vale do Mucuri, Vale do Jequitinhonha e Norte de Minas Gerais. O valor está publicado no Diário Oficial da União para cerca de 750 mil agricultores.


CRÉDITO


281 milhões de reais somam o crédito extraordinário para o Garantia Safra destinado à indenização dos agricultores que sofreram perdas igual ou acima de 50% da safra


Mais informações:


Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Brejo Santo
Telefone: (88) 3531.0447
Secretaria do desenvolvimento Agrário do Estado, (88) 3101.8105


ELIZÂNGELA SANTOS
REGIONAL
Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Total de visualizações de página